quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Associação Comercial e Industrial de Camaquã e Sindilojas entregam lista de sugestões para o trânsito

O prefeito de Município em exercício, Paulo Roberto Mecca recebeu, no início da tarde desta quarta-feira (15/01), no Gabinete do Executivo, um grupo de empresários ligados à Associação Comercial e Industrial de Camaquã (ACIC) e ao Sindilojas. Eles entregaram a Mecca um ofício contendo um total de nove reivindicações a serem contempladas durante as mudanças que em breve serão promovidas no sistema de trânsito local de Camaquã. A lista, assinada pelas duas entidades, foi elaborada durante recente reunião na ACIC.

Entre as solicitações do grupo estão a implantação imediata de um esquema de estacionamento rotativo e a implantação do serviço de fiscalização do trânsito, além da regulamentação de horário e delimitação física para circulação dos veículos de carga. A adoção de um cronograma para adoção das medidas também foi requerida pelos empresários, assim como a manutenção do sistema obliquo de estacionamento. 

Na reunião o chefe do Departamento Municipal de Trânsito, Clayton Dworzecki explicou detalhes das primeiras alterações que vão começar a ser promovidas. Já Paulo Mecca agradeceu as sugestões e classificou o encontro como uma prova de o quanto está sendo “madura e democrática”, a discussão em torno do tema. “É isso ai que precisamos: temos que mudar o trânsito? Temos. Está ruim como está? Lógico que sim, mas queremos mudar isso. E cada um ajudando vamos construir essas mudanças de forma que ninguém saia perdendo”, disse Mecca em tom de agradecimento. 

Além dos representantes da ACIC e Sindilojas, Marco Pires e Luciano Barbosa, respectivamente, estiveram também no encontro o vice-presidente da Fecomércio, Luis Baptistella e o superintendente do Hospital Nossa Senhora Aparecida, Antônio Omar Machado. Pires também é o presidente do Conselho Municipal de Trânsito.
(Fonte: Ass Com Soc Gov Mun)

4 comentários:

  1. Tudo bem que fique o estacionamento obliquo mas tirem o paralelo então, os dois não tem como ficar isto so vi em Camaquã. Quando um carro maior estaciona ao lado de um pqno ainda mais com as peliculas é uma loteria sair da vaga. Ja vi varias vezes Vans no estacionamento obliquo será que isto é possivel?

    ResponderExcluir
  2. tenho uma pequena oficina de consertos de eletroportateis cadastrado pelo MEI e concordo em pagar uma taxa para acesso de 2ou4 clientes com controle de tempo a combinar, porque acho injusto tu ter que procurar estacionar seu veiculo onde não atrapalha outros que é um instrumento de trabalho enquanto funcionarios de outras estacionam enfrente a seu negocio o dia todo e que estes discutem com seus patroes a respeito de estacionamento. esta é a sujestão do j-luz eletricista um abraço a todos

    ResponderExcluir
  3. Ubirajara de Alencastro16 de janeiro de 2014 13:58

    Tambem concordo que o estacionamento seja pago e que o estacionamento seja paralelo ou obliquo mas os dois fica dificil, para sair da vaga com as tais peliculas ou veiculos grandes a seu lado é perigoso. A sinaleira antiga é uma tranqueira, existe um museu em Camaquã onde ela ficaria melhor. O canteiro que fica a seu lado e o outro no final da linha de onibus da O. Moraes mais atrapalham do que ajudam. Desapeguem pelo amor de Deus!

    ResponderExcluir
  4. Não tem como ficar o estacionamento oblíquo, por isso que o transito está trancado, tem uns que ficam passeando, não tem como ultrapassar, a rua está um funil. sou a favor do estacionamento rotativo. Quando sair o estacionamento oblíquo vcs veram como atrapalhava o transito.

    ResponderExcluir